Notícias

Dobram reclamações de barulho na cidade de São Paulo

Apenas em junho, o PSIU, serviço que fiscaliza o barulho na cidade, recebeu 1.594 chamados, praticamente o dobro de junho do ano passado

Ana Paula Rodrigues 23/06/2022 • 13:31 - Atualizado em 23/06/2022 • 16:05

A prefeitura de São Paulo afirmou que o retorno das atividades comerciais trouxe também o aumento de reclamações envolvendo bares, restaurantes e obras, em relação ao barulho que emitem. Apenas em junho, o PSIU, serviço que fiscaliza o barulho na cidade, recebeu 1.594 chamados, praticamente o dobro de junho do ano passado.

O ouvinte da Rádio Bandeirantes, Emerson Luis, morador da zona norte de São Paulo, sente isso na pele há algumas semanas. A partir das quintas-feiras, ele não já consegue mais dormir por causa do som alto em bares na região da Avenida Luis Dumont Vilares, no Jardim São Paulo.

“Tem bares que funcionam até às 5h com bandas na porta, bandas de samba, o que é louvável, porque a gente precisa que os bares voltem a atuar, gerar renda, cultura e emprego, mas alguns bares se esqueceram que existe lei do silêncio”, contou Emerson.  

Depois de ser procurada pela reportagem da Rádio Bandeirantes, a Secretaria Municipal das Subprefeituras garantiu que vai incluir os endereços citados pelo nosso ouvinte nas próximas fiscalizações.