Notícias

Doria convida Luana Araújo para o centro de contingência da Covid em SP

Governador diz que a infectologista é "brilhante"; ela depôs à CPI da Covid por ter sido vetada no Ministério da Saúde por sua posição contra o tratamento precoce

Da redação, com BandNews FM e BandNews TV 05/06/2021 • 15:17 - Atualizado em 05/06/2021 • 20:51
Luana Araújo em depoimento à CPI da Pandemia
Luana Araújo em depoimento à CPI da Pandemia
Agência Senado

O governador de São Paulo João Doria convidou a infectologista Luana Araújo para integrar o Centro de Contingência do coronavírus da Secretaria da Saúde do estado.

João Doria ligou para a médica infectologista logo depois que foi ouvida pelos senadores na CPI da Pandemia. De acordo com o governador, a especialista ainda não deu a resposta, mas gostou da ideia.

A médica fez parte do Ministério da Saúde por apenas dez dias antes de ter a nomeação cancelada.

Luana chamou atenção nesta semana por seu depoimento na CPI da pandemia. A infectologista confirmou que o governo desistiu de nomeá-la fez fortes críticas ao tratamento precoce.

Em seu depoimento para a CPI, a infectologista afirmou que os médicos não têm salvo conduto para prescrever o que quiserem, que os limites são a ciência, a ética e a responsabilidade.

O ministro da saúde Marcelo Queiroga admitiu que a infectologista não ficou no cargo porque para função pública é preciso validação técnica e política.

  • Covid