Notícias

Elon Musk vem ao Brasil para tratar de Amazônia, diz governo

Homem mais rico do mundo se reúne com Bolsonaro, banqueiros e empresários em São Paulo

Narley Resende 20/05/2022 • 08:56 - Atualizado em 20/05/2022 • 12:06

O bilionário sul-africano Elon Musk desembarcou nesta sexta-feira (20) no Interior de São Paulo, para encontro com o presidente Jair Bolsonaro (PL), empresários da Comunicação, banqueiros e investidores.  

Bolsonaro foi cedo para a Base Aérea em Brasília, para se deslocar a São Paulo. O ministro das Comunicações, Fábio Faria, confirmou que o bilionário veio ao País para se reunir com integrantes do governo, apesar de a agenda oficial do presidente não revelar o nome de Musk. 

Segundo ele, o executivo encontra com Bolsonaro na cidade de Porto Feliz (SP) para falar sobre a Amazônia. 

"A convite do ministro das Comunicações, Fábio Faria, o empresário Elon Musk chega ao Brasil nessa sexta-feira para tratar com o governo brasileiro sobre Conectividade e Proteção da Amazônia", escreveu Fábio Faria no Twitter.

O executivo não se manifestou sobre a visita.

Interesse

No Brasil, Elon Musk deve se encontrar com banqueiros, investidores e empresários da Comunicação. Nomes como do banqueiro André Esteves, do banco BTG Pactual, estão entre os listados, assim como executivos e sócios das empresas TIM, Claro e Oi. 

Em abril, Musk anunciou acordo de compra do Twitter por cerca de US$ 44 bilhões (aproximadamente R$ 215 bilhões). Ele tem um patrimônio avaliado em US$ 273 bilhões (R$ 1,3 trilhão), segundo ranking da Bloomberg. 

O empresário também é dono da empresa de transporte espacial SpaceX, que tem interesse no Brasil, e da Tesla, fabricante de carros elétricos.

Em janeiro, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) concedeu o direito de exploração no país de satélite estrangeiro não-geoestacionário de baixa órbita para a Starlink, sistema de satélites da SpaceX. 

Com isso, a empresa de transporte espacial de Musk vai poder oferecer seu serviço de satélite em todo o território brasileiro, com direito de exploração até 2027.

A autorização da Anatel foi concedida após reunião do ministro Fábio Faria com Musk nos Estados Unidos, em novembro do ano passado.

Já em fevereiro deste ano, o governo do Amazonas também informou manter contato com a SpaceX para a instalação de tecnologia da empresa do bilionário no estado. 

Bolsonaro disse em uma transmissão na internet que se encontraria com “uma pessoa muito importante, que é reconhecida no mundo todo, que vem pra cá oferecer para ajudar a nossa Amazônia”.

Monitoramento 

O perfil que monitora os voos do bilionário informou que Musk pousou no interior do Estado de São Paulo, por volta das 9 horas (horário de Brasília).

A conta @elonjet pertence a um jovem estudante de 19 anos, morador da Flórida (EUA). 

Em janeiro, Jack Sweeney recusou a oferta de US$ 5 mil (ou R$ 24,5 mil, na cotação atual) oferecida pelo fundador da Tesla e SpaceX para retirar o perfil do ar, alegando risco de segurança. 

O rapaz fez uma contraproposta e pediu US$ 50 mil (R$ 245 mil).