Notícias

Empresas estrangeiras buscam brasileiros para trabalho remoto; entenda processo

A maioria das vagas é para profissionais de tecnologia e marketing digital

Da Redação, com Jornal da Band 20/04/2021 • 02:29

O trabalho remoto está gerando oportunidades de emprego para brasileiros no exterior.

Perrengue para conseguir visto, mudança, longas viagens de avião. Trabalhar no exterior não é fácil, mas este cenário está mudando. 

Madalena Aguiar foi contratada há um mês para atuar no setor de tecnologia de uma empresa de Los Angeles. Mas ela segue morando em Barueri, na Grande São Paulo, com uma grande diferença: agora ela recebe em dólar. 

“Uma experiência nova, de interagir com um pessoal diferente, do mundo inteiro. E sem precisar sair do Brasil, que é a a melhor parte”, atestou a designer de interfaces. 

Com os espaços comerciais vazios por todo o mundo e com a migração para o ambiente digital, o funcionário não precisa mais estar na mesma cidade da empresa. E quando o trabalho é 100% remoto, por que não estar em outro país? 

Fernando Kalil é diretor de uma empresa de recrutamento e viu triplicar, nos últimos dois meses, o número de brasileiros contratados por empresas dos Estados Unidos, Europa e América Latina. A maioria das vagas é para profissionais de tecnologia e marketing digital.

Para um trabalho que no Brasil renderia R$ 8 mil reais de salário, no exterior, o profissional chega a ganhar R$ 20 mil. 

As oportunidades surgem em sites especializados ou em recrutamentos feitos pelas próprias empresas. Além de falar inglês, o candidato normalmente precisa ter pelo menos três anos de experiência. 

“Os profissionais são sim qualificados. Muitos têm o inglês suficiente para trabalhar e interagir naturalmente com essas empresas. E, no ambiente remoto, claro que o câmbio pesa”, explicou o diretor financeiro. 

  • trabalho remoto
  • economia
  • tecnologia
  • home office3