Notícias

Esposa de homem espancado até a morte diz que foi impedida de ajudar

Da Redação com Brasil Urgente 20/11/2020 • 17:52 - Atualizado em 20/11/2020 • 19:22
Milena Borges Alves, esposa de João Beto
Milena Borges Alves, esposa de João Beto
Brasil Urgente

Milena Borges Alves, esposa de João Alberto - espancado até a morte por seguranças em um supermercado, fez um desabafo com exclusividade ao Brasil Urgente e revelou que tentou ajudar o marido, mas foi empurrada e impedida de prestar socorro pelos próprios seguranças que cometeram o crime. 

Na entrevista, ela lembra o que ocorreu. "Nós fomos fazer compra para a janta, compramos e fomos até o caixa. Eu fui pagar e ele [João] foi na frente. Ele acenou para uma segurança, que se sentiu ofendida e chamou outros seguranças", relata. "Quando eu estava na [escada] rolante, os seguranças saíram correndo. Quando cheguei lá embaixo, ele já estava imobilizado". 

Milena também se recorda que o marido gritou a ela por socorro, mas não adiantou. [João] disse 'Milena, me ajuda'; quando eu fui ajudar, eles [os seguranças] me empurraram, e mesmo depois de desacordado, a princípio já morto, continuaram com ele imobilizado ali", conta.

Segundo Milena, a ambulância levou mais de 40 minutos para chegar e já não havia mais o que fazer. "Eu fiquei sem ação [ao saber da morte]. Eu esperava que só tivesse desmaiado. Fiquei em choque".

A mulher de João espera agora por justiça. "Eles já estão pagando, foram presos dois deles, e quero que paguem pelo crime que fizeram", pede:


Entenda 

Um homem negro de 40 anos morreu após ser agredido por dois seguranças dentro de uma unidade do supermercado Carrefour em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

A vítima, identificada como João Alberto Silveira Freitas, teria discutido com a caixa do estabelecimento e foi conduzida pelos seguranças da loja até o estacionamento, no andar inferior.

No caminho, testemunhas falaram que eles entraram em luta corporal e começou o espancamento. Beto não resistiu aos ferimentos e morreu. Os agressores foram presos em flagrante.

  • joão beto
  • racismo
  • espancado até a morte
  • supermercado
  • carrefour