Notícias

Estações do Metrô de São Paulo começam a receber denúncias contra violência doméstica

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 26/11/2020 • 05:09 - Atualizado em 26/11/2020 • 05:20
Estações de Metrô de São Paulo começam a receber denúncias contra violência doméstica
Estações de Metrô de São Paulo começam a receber denúncias contra violência doméstica
Reprodução

Começou nesta última quarta-feira, 25, no Metrô de São Paulo a campanha “Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica”. As vítimas podem comparecer a qualquer uma das estações das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata, para fazer denúncias e receber acolhimento. As informações são da repórter Giulianna Lombardi, da Rádio Bandeirantes

Para aquelas que desejarem maior discrição, os funcionários do Metrô foram instruídos a receber mulheres que desenharem um “X” vermelho em uma das mãos. 

São 1.200 agentes de segurança capacitados para o atendimento, além de parceria com delegacias especializadas para o encaminhamento das vítimas.

Além disso, a expectativa é que, já em dezembro, o Metrô inaugure um Posto Avançado de Atendimento à mulher na estação Santa Cecília, da linha 3-Vermelha.

De acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, foram 266.310 registros de violência doméstica e 1.326 casos de feminicídio, somente em 2019.

A ideia da iniciativa é que o transporte público passe a ser um local onde as mulheres vítimas de violência possam fazer denúncias com segurança.

  • violência doméstica
  • feminicídio
  • denúncias
  • Metrô
  • São Paulo