Notícias

Estátua "Touro de Ouro" é removida da frente da Bolsa de Valores em SP

Falta de licença urbanística e presença de elementos publicitários causaram a remoção da estátua

Da Redação 23/11/2021 • 23:35 - Atualizado em 23/11/2021 • 23:58

A Bolsa de Valores (B3) retirou a estátua Touro de Ouro que estava no Centro de São Paulo, na Rua 15 de Novembro. A obra foi removida por volta das 21h30 desta terça-feira (23). 

A estátua foi embalada em plásticos para evitar danos. E não há confirmação do destino dela.  

A CPPU (Comissão de Proteção à Paisagem Urbana), um órgão da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento, apontou irregularidades da estátua e foi determinante para a retirada. A decisão saiu após uma reunião extraordinária. 

A CPPU entendeu, por 5 votos a 4, que a escultura tem caráter predominantemente publicitário ou promocional, o que é vedado pela Lei Cidade Limpa (Lei 14.223/2006). Isso foi apontado porque o “Touro de Ouro” faz referência a uma das patrocinadoras da obra - a empresa de educação financeira "Vai Tourinho", do economista Pablo Spyer e da XP Investimentos. 

A Comissão também avaliou que o responsável pela instalação da obra infringiu um dispositivo da legislação ao instalar em logradouro público a peça sem a prévia autorização da CPPU. Por isso a B3 deve ser multada, mas o valor será definido pela Subprefeitura da Sé. 

A estátua também foi rejeitada por parte da população, que fez protestos no local, reclamando da crise econômica. Outra parte da sociedade chegou a tirar fotos com o objeto.