Notícias

Fiocruz aponta o Sul do País como área de atenção para expansão da dengue

Períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do mosquito

Da redação, com BandNews FM RJ 22/01/2022 • 08:49 - Atualizado em 22/01/2022 • 09:02
Fiocruz aponta o Sul do País como área de atenção para expansão da dengue
Fiocruz aponta o Sul do País como área de atenção para expansão da dengue
Divulgação

A região Sul do país é apontada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) como a principal área de atenção em 2022 para o crescimento de casos de dengue. Segundo o InfoDengue, sistema de monitoramento de arboviroses desenvolvido por pesquisadores da Fiocruz e da Fundação Getulio Vargas, períodos chuvosos atrelados ao calor são favoráveis à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor do vírus da dengue, zika e chikungunya.

Além do Sul do país, estão atualmente em situação de atenção para surto de dengue: a região noroeste de São Paulo, a área entre Goiânia e Palmas, no Tocantins, passando pelo Distrito Federal; e alguns municípios isolados da Bahia, Santa Catarina e Ceará.

A Fiocruz afirma que o cenário apresentado pelo InfoDengue reforça a importância de observar o comportamento do mosquito Aedes aegypti e de manter o controle para evitar os focos da dengue e combater o transmissor da doença.