Notícias

Homem espancado após ser vítima de fake news tem morte encefálica em SP

Osil Vicente Guedes, de 49 anos, foi agredido após ser suspeito de roubar uma moto, no Guarujá. O dono do veículo informou que a motocicleta foi emprestada à vítima

Da Redação

Homem espancado após ser vítima de fake news tem morte encefálica em SP
Reprodução/Redes Sociais

Osil Vicente Guedes, de 49 anos, que foi brutalmente espancado após ser vítima de uma fake news, teve a morte encefálica, ou seja, a parada de todas as funções cerebrais, confirmada pelo hospital Santo Amaro, no Guarujá, cidade do litoral de São Paulo.

O homem passou por avaliação neurológica que constatou a gravidade do quadro como consequência do traumatismo craniano decorrente das agressões. O parecer médico foi confirmado neste sábado (6). 

Segundo o hospital Santo Amaro, exames apontaram que não será possível fazer a doação dos órgãos. A família de Osil Vicente Guedes está recebendo o suporte da assistência psicossocial da unidade de saúde. 

As agressões iniciaram após uma pessoa gritar “pega ladrão” direcionado à vítima, que teria roubado uma moto. Porém, ele estava dirigindo o veículo de um amigo, que confirmou que emprestou a motocicleta ao homem.

Entenda o caso 

Osil Vicente Guedes foi brutalmente espancado na última quarta-feira (3), em Vicente de Carvalho, no Guarujá, cidade da Baixada Santista. As imagens flagradas por um motorista de um carro mostram o homem sentado na rua rodeado por outros três, que é quando começam as agressões. 

No vídeo, é possível ver os homens agredindo a vítima com capacete e tapas, na sequência ele é puxado e jogado próximo a guia da rua. Quando ele cai, a vítima é agredida na cabeça com um pedaço de madeira e cai desacordado.

Ele foi resgatado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que o encaminhou para o hospital Santo Amaro, onde deu entrada na unidade de saúde inconsciente e intubado.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais