Notícias

Hospitais particulares não têm capacidade para ampliar leitos; Einstein tem 100% de ocupação e lista de espera

Da redação com Rádio Bandeirante e BandNews FM 26/02/2021 • 16:16 - Atualizado em 26/02/2021 • 16:21
Einstein tem 100% de ocupação e lista de espera
Einstein tem 100% de ocupação e lista de espera
Divulgação

Uma pesquisa do Sindicato dos Hospitais Privados de São Paulo indica que 81% desses locais estão com lotação das UTIs entre 80% e 100%. Desses, mais da metade afirmam que não tem mais capacidade de ampliar a quantidade de leitos.

Por causa da lotação, 52% dos hospitais estão cancelando a agenda de cirurgias e atendimentos eletivos. No último levantamento, realizado há apenas 15 dias, a situação era a oposta: mais de metade tinham a capacidade de manter esses atendimentos.

O Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, chega a 104% da lotação, com fila de espera para atendimento, diante do aumento de casos de coronavírus. A procura voltou a crescer depois do Carnaval.

Segundo a colunista da BandNews FM Mônica Bergamo, o hospital espera que os doentes que aguardam sejam atendidos em breve, com a alta de outros pacientes e o remanejamento de leitos nas próprias unidades da instituição.

Ontem, o Hospital Israelita Albert Einstein registrou um recorde de internações por Covid-19: das 70 pessoas que buscaram o pronto atendimento, 26 estavam infectadas com o coronavírus. Existem agora 141 pacientes internados com Covid-19.

Já o Sírio Libanês, outro tradicional hospital da rede particular de São Paulo, chegou a 97% da capacidade.

  • Hospitais Particulares
  • Albert Einstein