Notícias

Idoso acumulador é resgatado em meio a toneladas de lixo em Santa Catarina

Foram necessárias 16 viagens de caminhões-caçamba para retirar os objetos que estavam na casa

Marília Montich no Jornal Metro 28/01/2022 • 08:17
Idoso acumulador é resgatado em meio a toneladas de lixo
Idoso acumulador é resgatado em meio a toneladas de lixo
Divulgação/Defesa Civil

Um idoso de 73 anos foi resgatado pela Defesa Civil de Criciúma, em Santa Catarina, em meio a toneladas de lixo acumuladas ao longo da vida. A operação foi realizada na quarta (26) e quinta-feira (27).

Foram necessárias 16 viagens de caminhões-caçamba para retirar os objetos, como roupas, eletrodomésticos, móveis, peças automotivas e plásticos.

Por falta de espaço, o idoso dormia sentado entre os materiais guardados na casa, de aproximadamente 80 metros quadrados. Não havia energia elétrica e nem rede de água no local.

As equipes utilizaram até mesmo uma retroescavadeiras. O trabalho mobilizou também equipes da Secretaria de Obras, Vigilância Sanitária e limpeza urbana.

O homem foi encaminhado para uma unidade do Caps (Centro de Atenção Psicossocial) da cidade para ser avaliado pela equipe médica. Ele deve voltar a morar na mesma casa, mas será monitorado pelo poder público e pelos vizinhos.

Segundo a prefeitura, a situação do idoso já era conhecida pelos órgãos municipais, já que esta foi a terceira vez que ocorreu intervenção de limpeza externa e a primeira da interna.

Acumulador compulsivo

A pessoa classificada como acumuladora compulsiva apresenta um transtorno. Ela tem uma grande dificuldade para se separar de seus pertences, independentemente do valor.

O quadro pode gerar desgaste das relações sociais e de trabalho. Muitas vezes, quem sofre do problema não o enxerga como tal e, por isso, não busca tratamento psicológico adequado. Por isso, é muito importante que esse paciente receba apoio de parentes e amigos.

Vídeo: Como antidepressivos e terapia agem no cérebro

Este texto foi originalmente publicado no METRO JORNAL