Jornal da Band

Alerta de novas tempestades prejudica buscas por desaparecidos em Recife

A polícia rodoviária federal registrou pelo menos 20 pontos de alagamento ou desabamentos em todo o estado. Pistas da BR-232 e da BR-101 ficaram 100% interditadas

Rayane Guedes 28/05/2022 • 19:44 - Atualizado em 28/05/2022 • 19:59

Meteorologistas alertam que deve voltar a chover forte em Recife e em todo litoral do Nordeste, pelo menos até este domingo. 

Na manhã deste sábado (28), duas pessoas foram encontradas mortas após deslizamentos de barreiras na Grande Recife. Uma das vítimas foi localizada no Córrego do Jenipapo e outra no Sítio dos Pintos. As buscas por mais pessoas soterradas continuam.

As fortes chuvas que atingiram a cidade neste sábado deixaram grandes estragos por toda a região metropolitana. 

Na cidade de Macaparana, o nível do rio subiu e arrastou uma casa inteira. Em Olinda, a prefeitura decretou situação de emergência.

Na central de abastecimento em Recife, alimentos foram perdidos com a enchente, que também afetou o deslocamento do VLT e alagou túneis.

Nas estradas, o trânsito ficou complicado. A polícia rodoviária federal registrou pelo menos 20 pontos de alagamento ou desabamentos em todo o estado. Pistas da BR-232 e da BR-101 ficaram 100% interditadas.

O prefeito de Recife, João Campos, disse que a prioridade agora é salvar vidas e reforçou que o governo municipal está acolhendo as pessoas que perderam suas casas.

“São mais de 2,5 mil pessoas desabrigadas. Estamos recebendo em unidades educacionais, além dos abrigos da prefeitura. Nós temos com toda equipe empregada, 400 pessoas da defesa civil, 2600 de diversas áreas da prefeitura”, disse.