Jornal da Band

Amigo secreto agora permite 'vetar' escolhas e até decidir a quem dar presente

Fim do ano é época de brincadeira, tradicional entre famílias e empresas

Tiago Prudente, do Jornal da Band 10/12/2021 • 21:17

As festas de fim de ano voltaram, e com elas o "amigo secreto". Só que com polêmica: em vez de tirar a sorte no papelzinho, dá para escolher quem tirar - ou não tirar - no sorteio eletrônico.

A brincadeira é muito popular nas famílias. Mas em empresas, por exemplo, ela pode vir com pegadinhas. Já pensou pegar alguém com quem você não vai muito com a caras?

Um site especializado espera receber 2 milhões de registros de usuários em 2021. O sistema não apenas impede aquela confusão com os papeizinhos, mas também te dá a opção de pagar até R$ 50 para excluir até três pessoas da sua lista. E até de escolher seu amigo secreto.

“A brincadeira não é ‘amigo aleatório’. A brincadeira é ‘amigo secreto’, né? E essa aquisição que você faz, essa compra aí do amigo, se você não contar para ninguém, é secreto”, diz Marcelo Abrileri, criador do site.

Na internet, memes já revelam a reação – nem sempre feliz – de muita gente com a brincadeira. Mas tem muita gente que leva a sério e faz questão de organizar.

“A gente acredita que as pessoas se aproximam através do amigo secreto”, explica o empresário Daniel Nahas, que ajuda a organizar o amigo secreto onde trabalha.