Jornal da Band

Anvisa decide nesta quinta (20) se libera a CoronaVac para crianças

Quantidade de crianças internadas em UTIs no estado de São Paulo cresceu 61% em dois meses

Maira Di Giaimo 19/01/2022 • 19:41 - Atualizado em 19/01/2022 • 20:52
O Butantan já tem prontas 15 milhões de doses pediátricas
O Butantan já tem prontas 15 milhões de doses pediátricas
Divulgação

A Anvisa marcou para esta quinta-feira (20) uma reunião em que pode definir se libera o uso de CoronaVac em crianças de 3 a 11 anos contra Covid-19.

A quantidade de crianças internadas em UTIs no estado de São Paulo cresceu 61% em dois meses. Em novembro de 2021, eram 106 hospitalizações.

Para as autoridades, o aumento de internações está diretamente ligado à rápida disseminação da ômicron.

Se for aprovada, a CoronaVac começará a ser aplicada rapidamente. O Butantan já tem prontas 15 milhões de doses. Dessas, 10 milhões estão reservadas para São Paulo. A expectativa é finalizar a primeira dose em cinco milhões de crianças no estado em três semanas.

“A nossa capacidade é de vacinar a totalidade de crianças no estado de São Paulo e ainda disponibilizar 5 milhões para o ministério da saúde ou para os governos estaduais que desejarem adquirir vacinas. E se houver necessidade de mais, o Butantan consegue colocar em um curto prazo, à disposição”, disse o governador de São Paulo, Joao Doria (PSDB).

Em Porto Alegre, a vacinação de crianças com vacina da Pfizer começou nesta quarta-feira (19). O postos ficaram movimentados e mais de 96 mil crianças com alguma comorbidade devem ser imunizadas na capital gaúcha.