Jornal da Band

Bandidos do PCC invadem delegacia para resgatar comparsas no Guarujá

Criminosos utilizaram escada, cordas e ferramentas de corte para resgatar comparsas do local

Marcelo Moreira 14/01/2022 • 20:07 - Atualizado em 14/01/2022 • 20:28

Integrantes do PCC invadiram uma delegacia no Guarujá, no litoral de São Paulo, na madrugada desta sexta (14) para resgatar dois presos que são chefes da quadrilha de crime organizado.

Durante a ação, eles sequestraram o motorista e um passageiro de um ônibus circular que passava em uma das principais avenidas da cidade.

Eles usaram veículos para fechar o trânsito de carros e evitar a aproximação de policiais enquanto outra parte do bando resgatava os chefões do PCC, que foram presos horas antes em uma periferia do Guarujá.

O bando precisou escalar duas muralhas que dão acesso ao pátio. Uma delas possui 10 metros de altura e arame farpado nas pontas. Eles usaram uma escada, cordas e ferramentas de corte para libertar Roberto Prieto Filho, chefe do tráfico internacional, com atuação no porto de Santos, e Pablo Ribeiro Lopes, responsável pela lavagem de dinheiro e ocultação de bens da quadrilha.  

Um terceiro criminoso que dividia a mesma cela aproveitou a oportunidade e também fugiu.

Três carros usados pela quadrilha foram recuperados pela policia a beira da margem direita do porto de Santos. O que faz acreditar em uma fuga de barco.