Jornal da Band

Brasileiros são indiciados por envolvimento em esquema de pirâmide nos EUA

Os brasileiros Emerson Pires e Flávio Gonçalves e o americano Joshua Nicholas foram denunciados por participar de um esquema de fraudes em criptomoedas avaliado em US$ 100 milhões, o equivalente a R$ 530 milhões

Eduardo Barão 01/07/2022 • 19:47 - Atualizado em 01/07/2022 • 20:20

A justiça americana indiciou dois brasileiros por envolvimento em um esquema de pirâmide com criptomoedas

Os brasileiros Emerson Pires e Flávio Gonçalves e o americano Joshua Nicholas foram denunciados por participar de um esquema de fraudes em criptomoedas avaliado em US$ 100 milhões, o equivalente a R$ 530 milhões.

Segundo uma investigação do FBI, a polícia federal americana, os três abriram empresas de investimentos em moedas digitais que prometiam lucros diários de 1%.

O Departamento de Justiça americano informou que se tratava de um esquema de pirâmide. 

Com promessas de retorno financeiro alto e em pouco tempo, esses golpes só funcionam enquanto novos investidores são atraídos. Quando os aplicadores deixam de entrar, o esquema não tem como sustentar os lucros e começa a quebrar.

Na página de uma das empresas investigadas, a EmpiresX, nas redes sociais, investidores reclamam que deixaram de receber os retornos financeiros prometidos. E denunciam que foram vítimas do golpe.