Jornal da Band

Polícia prende Leo GTA, chefão de quadrilha de roubo de cargas

Ele é acusado de ser responsável por assalto que deixou prejuízo de R$ 15 milhões e também pela morte de um menino de 12 anos

Da Redação, Jornal da Band 17/07/2021 • 19:40 - Atualizado em 17/07/2021 • 23:03
Chefão do crime é preso no Rio
Chefão do crime é preso no Rio
Reprodução

Leonardo Falcão, mais conhecido como Léo GTA, líder da maior quadrilha de roubo de carga do Rio de Janeiro, foi preso neste sábado, 17, em um motel em Xerém, na Baixada Fluminense. Ele é acusado de ser responsável pelo assado Centro de Distribuição do Grupo Pão de Açúcar, há pouco mais de um ano, que deixou prejuízo de R$ 15 milhões. As informações são do Jornal da Band.

No crime, o grupo chegou em dois caminhões. Cerca de 30 bandidos com fuzis invadiram o deposito e levou eletroeletrônicos que somavam o valor milionário. Pouco mais de um ano após do assalto, a polícia encontrou Leo. Na sexta-feira, 16, ele conseguiu fugir em uma operação na favela da Maré, mas foi encontrado na madrugada deste sábado.

Leo GTA, que já tinha cinco mandados de prisão em aberto, é apontado também como responsável pela morte do menino Leônidas de Oliveira, de 12 anos durante um tiroteio e policiais militares em outubro de 2020. Ele vai responder pelos crimes de homicídio, roubo, porte ilegal de armas e receptação.

"Foi uma prisão muito importante e esperamos que com isso haja uma redução nesses tipos de crime", disse o delegado Hilton Alonso.

  • Jornal da Band