Jornal da Band

Conheça a Chapada dos Veadeiros, um paraíso no Cerrado brasileiro

Considerado Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, o local tem mais de dez mil espécies de plantas

Da Redação, com Jornal da Band 10/08/2021 • 23:22 - Atualizado em 23/09/2021 • 14:25

Um lugar com mais de duas mil cachoeiras que podem atingir 100 metros de altura, plantas e animais raros, além de uma aura mística que atrai esotéricos do mundo todo. Esse lugar é a Chapada dos Veadeiros, em Goiás, que abrange oito cidades.

A Chapada está inserida no bioma Cerrado, conhecido popularmente como “Savana brasileira”, que, estima-se, existe há 65 bilhões de anos e ocupa 23,9% do território nacional.  

De todo esse espaço, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, ocupa pouco mais 10% do bioma é uma das mais preservadas. A entrada fica em Alto Paraíso (GO), a 230 quilômetros de Brasília.

Considerado desde 2001 Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, o local tem mais de dez mil espécies de plantas, cinco mil delas exclusivas do local.  

Berço das águas

O Cerrado é o berço das águas, onde nascem seis das principais bacias hidrográficas brasileiras. “A gente está aqui praticamente na caixa d´água do Brasil, onde nascem as principais bacias hidrográficas do Brasil, a do Tocantins e Paraná”, diz o “Velho Joe”, guia turístico que trabalha na região há 25 anos. "Eu vim pra passar cinco dias e estou praticamente há 25 anos aqui”, conta.  

Uma das cachoeiras é a de Loquinhas, com estrutura mais acessível para os turistas caminharem até os poços de águas cristalinas. Entretanto, quem quiser conhecer as outras quedas d’água, precisa enfrentar trilhas mais longas, com vários níveis de dificuldade.  

Recarga de energias

Para a visitante Maíra Reis, o parque é um bom lugar para recarregar as energias e “colocar a cabeça no lugar”. “A cada lugar que você olha tem uma coisa bonita, o Cerrado, a montanha, as estradas, tudo que a gente olha tem uma natureza, uma beleza diferente e tudo combina”, diz a veterinária.  

À procura dessa paz, o casal de holandeses Dhian e Helma di Bryij escolheram o local como primeiro destino no Brasil. “Nós ouvimos que a Chapada é muito bonita, com grandes escarpas e muitos cristais. É linda”, conta Dhian.