Jornal da Band

CPI da Covid: quebra de sigilo de Pazuello é mantida por ministro

Somente integrantes da CPI da Pandemia poderão ter acesso aos documentos

Da Redação, com Jornal da Band 12/06/2021 • 20:22 - Atualizado em 12/06/2021 • 20:52

O ministro Ricardo Lewandowiski, do STF (Supremo Tribunal Federal) negou neste sábado (12) o pedido para suspender a quebra de sigilo telefônico e de e-mail do ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. A informação é do Jornal da Band.

O pedido inclui também a quebra do sigilo da secretária do ministério, Mayra Pinheiro.

Somente integrantes da CPI da Pandemia poderão ter acesso aos documentos.

Nesta semana, a CPI deverá ouvir o ex-secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, na terça-feira (15), e o ex-governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), na quarta-feira (16).

Depois, os senadores ouvirão o empresário Carlos Wizard, na quinta-feira (17), e o representante da White Martins, Paulo Baraúna, na sexta-feira (18).

  • CPI
  • Covid-19
  • Eduardo Pazuello
  • Mayra Pinheiro