Jornal da Band

Cume de vulcão nas Ilhas Canárias desaba com peso da lava

Ativo há quase uma semana, o vulcão nas ilhas canárias continua causando estragos. Hoje, o cume desabou com o peso da lava

Da Redação, com Jornal da Band 25/09/2021 • 20:15 - Atualizado em 27/09/2021 • 19:05

O Cumbre Vieja está entrando numa nova fase de erupções. Com as novas explosões, o cume do vulcão desabou, lançando uma coluna de fumaça. As cinzas se espalharam e o aeroporto de Las Palmas, uma das ilhas do arquipélago das Canarias, foi fechado neste sábado (25).

Centenas de pessoas formaram filas no terminal de balsas para deixar a cidade. a lava deixa um rastro de destruição, um drama que está longe de acabar. 

“A estimativa é de que ele fique ativo durante alguns meses, cerca de três a quatro meses. Dentro dessa área tem poder destrutivo muito grande por conta das lavas, que correm de maneira continua em direção ao mar e vão eliminando o que tem pela frente”, explica Pedro Côrtes, geólogo. 

Mais de seis mil pessoas tiveram que deixar suas casas, desde que o vulcão entrou em atividade pela primeira vez em 50 anos. Não há mortos ou feridos. Os moradores da ilha, que vivem da agricultura, pesca e do turismo já se preocupam com os efeitos econômicos. “Não saio para pescar há uma semana. Encontro meus amigos na rua e começamos a chorar”, conta um morador local.