Jornal da Band

PDT oficializa Ciro Gomes como pré-candidato à presidência

Anúncio antecipado deixa claro para o próprio PDT que a decisão de disputar é irreversível, apesar das pressões internas

Caiã Messina 21/01/2022 • 20:09 - Atualizado em 15/02/2022 • 19:21

O PDT oficializou, nesta sexta-feira (21), Ciro Gomes como pré-candidato na disputa pelo Palácio do Planalto.

A pré-candidatura antecipada de fevereiro para hoje teve o objetivo principal de deixar claro para o próprio PDT que a decisão de disputar é irreversível, apesar das pressões internas.

Para compor a chapa com Ciro, o partido enxerga Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, como o nome dos sonhos, já que ela não deve concorrer nessas eleições.

Com o slogan “A Rebeldia da Esperança”, Ciro Gomes vai vender na campanha a experiência como ex-ministro, governador e senador, com foco na diminuição do desemprego e da desigualdade social.

“Este é o legado de longo prazo de partidos que se dizem de esquerda. Caímos no colo de uma direita de Bolsonaro, presidentes que fizeram economia igualzinha, repetindo erros. Eles impuseram corrupção, conchavo, elitismo”, disse Ciro.

Veja como foi o dia dos outros pré-candidatos

O ex-presidente Lula se reuniu hoje com o senador Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade, uma das bancadas quem podem fechar uma federação de partidos com o PT. O PSB ainda hesita e teme que uma aliança o prejudique. 

O limite para formar o bloco é primeiro de março, mas o Tribunal Superior Eleitoral vai regulamentar o tema em fevereiro e o prazo pode ser prorrogado.

Pelo Twitter, Sergio Moro voltou a atacar Lula e disse que no governo petista o assassinatos cresceram.

O governador de São Paulo, João Doria, focou nas vacinas e ressaltou que já enviou doses pediátricas da coronavac para 645 cidades do estado.

O MDB de Simone Tebet continua a ser algo do governador de São Paulo para uma eventual aliança. Mas o presidente do Partido, Baleia Rossi, afirmou em entrevista à Rádio Bandeirantes que acredita que a candidatura da senadora vai deslanchar.

“Ela está pontuando com 1% apenas nas pesquisas, mas o Datafolha, por exemplo, mostrou que só 3% das pessoas conhecem bem a Simone Tebet. Portanto, quem conhece, tem simpatia”, afirmou.