Jornal da Band

Exposição que presta homenagem às vítimas da pandemia é inaugurada em São Paulo

Obra de Siron Franco ficará aberta para o público até o dia 20 de março, na Casa das Rosas

Sonia Blota 15/01/2022 • 20:28 - Atualizado em 15/01/2022 • 20:55

Uma exposição que presta homenagem às vítimas da covid e ao trabalho dos profissionais de saúde começou hoje (15), na Casa das Rosas, na avenida Paulista, em São Paulo.

Chamada de Renascimento, a obra de Siron Franco possui 365 manequins pendurados a uma altura de seis metros, cada um representando cada dia do ano, com diferentes tamanhos e vestidos com roupas coloridas.

Mesmo com o impacto de corpos pendurados para caracterizar a dificuldade de um período pandêmico, Siron procurou exaltar a importância do contato físico e da celebração da vida. 

"Se você olhar, ele tem esse aspecto dramático do capuz, beleza das roupas. Tem o bailado dos vestidos grandes que escolhi. Tudo foi pensado para se ter várias experiências, da cor, da flutuação e do capuz", disse o artista Siron Franco.

A instalação é uma parceria da Casa das Rosas e do o Museu da Imagem e do Som. A exposição fica aberta ao público todos os dias, das 07h às 22h até o dia 20 de março.