Notícias

George Clooney adere à campanha que pede desistência de Joe Biden das eleições

Considerado um dos principais apoiadores do atual presidente em Hollywood, ator deixou o apoio após debate com Trump

Da redação

George Clooney adere à campanha que pede desistência de Joe Biden das eleições
Reprodução/Band

O ator George Clooney publicou um artigo no jornal The New York Times dizendo que ama Joe Biden, mas que o presidente não é mais o mesmo Biden das campanhas passadas, quando ele o apoiou. E apontou a velhice como um problema.

Ele, que foi um dos anfitriões no mês passado de uma grande campanha de arrecadação de fundos para a candidatura do presidente Joe Biden, mudou de ideia após o debate contra Donald Trump e o desempenho desastroso. Depois disso, uma grande polêmica sobre as condições de saúde do presidente para tentar a reeleição.

"A única batalha que ele não pode vencer é a luta contra o tempo", escreveu Clooney. Outra baixa importante para Joe Biden é a ex-presidente da Câmara dos Estados Unidos Nancy Pelosi, que tem grande influência no Partido Democrata.

Em uma entrevista a um canal de TV, ela não apoiou publicamente a candidatura do presidente e afirmou que ele deveria considerar todas as opções.

A revista The Economist divulgou mais uma pesquisa esta semana que mostra Donald Trump três pontos à frente do atual presidente, 43% a 40%. E em um cenário onde a vice Kamala Harris substituiria Biden, a vantagem de Trump seria maior: cinco pontos percentuais.

Trump repareceu depois de 12 dias sem campanha e fez um comício ontem à noite na Flórida. Ele desafiou Joe Biden para um novo debate esta semana e uma disputa de golfe.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais