Jornal da Band

Governo russo anuncia expulsão de diplomatas de França, Itália e Espanha

Medida é retaliação a atitudes tomadas por esses países após a invasão à Ucrânia

Sonia Blota 18/05/2022 • 20:01 - Atualizado em 18/05/2022 • 20:17

O governo da Rússia anunciou a expulsão de 85 diplomatas franceses, italianos e espanhóis em resposta a medidas semelhantes adotadas por países europeus depois da invasão à Ucrânia.

Ainda nesta quarta-feira (18), a Rússia divulgou imagens de combatentes ucranianos que se renderam em Mariupol recebendo atendimento médico. Segundo Moscou, cerca de 1 mil se entregaram após quase três meses de batalha.

Em Kiev, um soldado russo se declarou culpado de atirar em um idoso pelas costas durante o primeiro julgamento para punir crimes de guerra, na Ucrânia. Ele pode pegar prisão perpétua.

A União Europeia anunciou que pretende gastar até 300 bilhões de euros para acabar com sua dependência das importações russas de gás e petróleo até 2027. O objetivo é buscar energia em outros países e investir em fontes renováveis.