Jornal da Band

Grupo Bandeirantes e Instituto Aquila lançam o Prêmio Band Cidades Excelentes

Cidades de todo o Brasil que oferecem serviços públicos de qualidade à população vão ser reconhecidas por projetos em educação, saúde, transportes e segurança

Da Redação, com Jornal da Band 16/06/2021 • 20:09 - Atualizado em 16/06/2021 • 20:24

Educação, saúde, infraestrutura... Cidades de todo o Brasil que oferecem serviços públicos de qualidade à população vão ser reconhecidas em uma nova iniciativa do Grupo Bandeirantes em parceria com o Instituto Aquila. É o PrêmioBand Cidades Excelentes.

Mesmo sendo uma cidade pequena, jovem e com poucos moradores, Nova Boa Vista, que fica no norte do Rio Grande do Sul, hoje é a única “cidade excelente” do país. 

Nova Boa Vista tem quase 2.000 habitantes, ocupa uma área de 94 mil metros quadrados e tem apenas 29 anos. A cidade atinge quase 82 pontos (81,84) no Índice de Gestão Municipal Aquila, o IGMA.

Essa é a primeira plataforma big data do país a contemplar dados de todos os 5.570 municípios brasileiros. São indicadores públicos ligados a cinco pilares: eficiência fiscal e transparência; educação; saúde e bem-estar ; infraestrutura e mobilidade urbana; e desenvolvimento econômico e ordem pública.

“Este índice é confiável primeiro porque é de fonte primária; segundo porque são as próprias prefeituras que alimentam o sistema. Nós vamos lá nas fontes primarias e trazemos para nossa plataforma”, explica Raimundo Godoy, Presidente Executivo do Grupo Aquila.

Os dados da plataforma são analisados e as cidades pontuadas. A escala vai de zero a 100. Até 50 pontos, a cidade é considerada em situação crítica. Entre 50 e 65, em desenvolvimento. Entre 65 e 80, desenvolvida. Acima disso (80 a 100) é considerada uma cidade excelente.

Entre as capitais, Curitiba tem a melhor pontuação, (70,05 IGMA), mas não entra na faixa das cidades excelentes. Ainda de acordo com o ranking, 40% dos municípios brasileiros (2.277) estão em situação crítica.

“O cidadão sabe o que quer, sabe o que precisa, mas como fazer é responsabilidade dos administradores públicos e da política. Ele quer ter a pavimentação da sua rua, o transporte público que funcione bem, o posto de saúde que o atenda”, diz Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

Minas Gerais, o estado brasileiro com mais municípios (853), tem quase dois terços deles (63%) em desenvolvimento. Três por cento das cidades do estado são excelentes em eficiência fiscal, e saúde e bem-estar, e 2% em educação e desenvolvimento.

"O gestor público tem de ter em mente sempre que a gestão dele é para o cidadão. Precisamos que o cidadão participe mais. Ele não precisa ser candidato, mas precisa acompanhar, criticar, apoiar quem é bom”, diz o governador de MG, Romeu Zema.

É a partir do município que o indivíduo se constitui politicamente como cidadão. E é na cidade onde nós interagimos com o setor público. Portanto, cabe à prefeitura proporcionar a melhor qualidade de vida para os seus cidadãos. A partir de agora, as cidades que alcançarem os melhores resultados serão homenageadas no Prêmio Band Cidades Excelentes.

O prêmio organizado pela Band em parceria com o Instituto Aquila vai reconhecer os municípios que alcançarem os melhores índices. Todas as cidades do país serão inscritas automaticamente, e poderão enviar projetos novos ou em implantação para ganhar pontos. Um benefício para a cidade e também para os cidadãos.

“A Band, ao fazer esse programa de cidades excelentes, de cidades diferenciadas, estimula uma competição sadia. Porque programas como esse mudam a vida do município”, afirma o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Serão premiadas seis categorias: os mesmos cinco pilares do IGMA, além da vencedora no ranking geral. Os municípios serão divididos em três grupos: menor ou igual a 30 mil habitantes; entre 30 mil e 100 mil habitantes; e acima de 100 mil habitantes.

Primeiro serão conhecidas as dez melhores cidades por estado. As três primeiras de cada categoria vão disputar o prêmio nacional, que será entregue em Brasília.  

Para o economista Raul Veloso, “a pandemia, em cima de outros problemas que já existiam, trouxe desafios muito importantes para as administrações municipais atacarem. Elas precisam atacar esses desafios com urgência”.

Para João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação, o Prêmio Band Cidades Excelentes é muito mais do que um reconhecimento do bom gestor.

“Depois de quase uma década de tiroteio em cima da classe política, falando mal dos políticos, acho que isso aqui volta a dar dignidade ao gestor público, ao político. E eu espero que, com isso, muitos jovens que têm vontade de transformar a escola, têm vontade de transformar a sua comunidade e têm vontade de transformar sua cidade, que queiram ser prefeitos, queiram ser governadores, queiram ser deputados, queiram ser presidente da república. E, com isso, a gente atrai gente boa para a política”, diz João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes de Comunicação.

  • Jornal da Band