Jornal da Band

Julgamento que pode acabar na prisão de Trump entra na reta final nos EUA

Se o ex-presidente for condenado, ele ainda poderá disputar as eleições para a Casa Branca

Da redação

Julgamento que pode acabar na prisão de Trump entra na reta final nos EUA
Reuters

O julgamento que pode acabar na prisão de Donald Trump entrou na reta final nos Estados Unidos, nesta terça-feira (28). Mesmo que seja condenado, o ex-presidente americano ainda poderá disputar as eleições para a Casa Branca. 

O pré-candidato do Partido Republicano pode pegar até quatro anos de cadeia. Trump está à frente de Joe Biden nas pesquisas eleitorais, e poderia manter a candidatura à Casa Branca mesmo atrás das grades.

Por mais de três horas, Todd Blanche, advogado do empresário, argumentou que provas do processo foram manipuladas e tentou desvalorizar o depoimento de Michael Cohen, ex-advogado de Donald Trump. 

Cohen, principal testemunha do caso, confessou que recebeu do republicano a ordem de pagar 130 mil dólares à ex-atriz pornô Stormy Daniels, para que ela não revelasse um caso extraconjugal, às vésperas da eleição de 2016, vencida por Trump.

Já a promotoria concluiu que Trump deve ser condenado pelas 34 acusações de ter fraudado a contabilidade de suas empresas para ocultar o pagamento. 

Os 12 jurados vão se reunir em uma sala fechada até que cheguem a um consenso sobre condenar ou inocentar Trump. Não há uma previsão para essa decisão, o que pode durar até dias.

A defesa do empresário sempre negou qualquer irregularidade nos balanços das empresas dele e alegam que Trump é vítima de uma perseguição política.

CTA Desktop

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais