Jornal da Band

Lula critica Bolsonaro, mas presidente prefere atacar Moro

Bolsonaro é aconselhado a focar nas críticas contra Moro, com quem deve disputar parte do eleitorado

Da Redação, com Jornal da Band 03/12/2021 • 21:54

Enquanto o ex-presidente Lula (PT) adota a postura de atacar Jair Bolsonaro (PL) sempre que pode, o presidente prefere outra tática neste momento. Ele tem sido aconselhado a direcionar críticas contra Sergio Moro, com quem deve disputar parte do eleitorado na eleição presidencial de 2022.

Nesta sexta-feira (3), Lula participou de uma sessão do filme "Marighella". Um dia antes, criticou Bolsonaro no podcast "Podpah".

"Bolsonaro é um grosso. Não sabe respeitar ninguém. Não gosta de LGBT, de mulheres, de sindicato... Só gosta de miliciano", afirmou o ex-presidente, depois de chamar Bolsonaro de "anomalia política".

O petista vai se reunir com Geraldo Alckmin no final de semana. O ex-governador de São Paulo pode entrar na chapa de Lula.

Vídeo: Lula e Alckmin não descartam aliança nas eleições 2022

Bolsonaro ataca Moro

Bolsonaro não respondeu a Lula, mas criticou Moro em transmissão ao vivo. Disse que falta caráter para o ex-juiz e afirmou que ele "saiu pelas portas do fundo" do governo. Moro foi Ministro da Justiça no governo Bolsonaro.

Agora pré-candidato a presidente pelo Podemos, Moro não rebateu Bolsonaro. Ele é aconselhado a adotar um tom comedido para passar uma imagem de conciliador. Na próxima semana ele vai se reunir com João Doria (PSDB) para discutir sobre a chamada "3ª via" na eleição presidencial.