Jornal da Band

Operação da PF desmonta esquema de transporte de drogas do PCC

Traficantes, advogados, pilotos e donos de empresas de fachada foram presos

Rodrigo Hidalgo, do Jornal da Band 02/12/2021 • 19:56 - Atualizado em 02/12/2021 • 20:10

Uma operação da Polícia Federal em diversos estados nesta quinta-feira (2) prendeu traficantes e desmontou um esquema de transporte de drogas do PCC (Primeiro Comando da Capital). Além de traficantes, a quadrilha envolvia donos de empresas de fachada e pilotos.

O uso de aviões abarrotados de cocaína é uma estratégia do crime organizado para entrar no brasil com grandes quantidades da droga.

“Essa droga vinha então transportada nesses aviões de pequeno porte, que aterrissavam em pistas destinadas à aviação agrícola, ou em outras oportunidades, a droga era arremessada”, afirma Noerci da Silva Melo, delegado da Polícia Federal no Rio Grande do Sul.

Cento e cinquenta agentes saíram para cumprir 15 ordens de prisão e 30 de busca e apreensão em sete estados e no Distrito Federal. As investigações começaram há um ano, depois que um avião que transportava cocaína sofre um acidente ao pousar em um milharal no interior do Rio Grande do Sul.

Empresários do setor de aviação agrícola, advogados e pilotos são acusados de fazer parte da quadrilha. A droga produzida na Bolívia passava pelo Paraguai antes de entrar no Brasil. Cada avião carregava até meia tonelada de cocaína – uma carga que chega a valer mais de R$ 100 milhões na Europa.

Depois que entra no país, a maior parte da droga é escondida em contêineres de exportação, que saem dos portos brasileiros com destino principalmente a Holanda, Bélgica e Espanha.

Além das prisões, houve apreensão de armas e aviões, e o bloquei de bens e contas bancárias dos investigados.