Jornal da Band

Argentina proíbe exportação de carne bovina

Medida é oportunidade para produtores pecuários brasileiros ganharem mercado

Da Redação 19/05/2021 • 19:36 - Atualizado em 19/05/2021 • 20:15

O governo da Argentina proibiu as exportações de carne de boi. A decisão deve abrir mercado para produtores brasileiros.

Responsável por cerca de 10% das exportações de toda a carne de boi no mundo, os produtores da argentina estão com as vendas suspensas para outros países.

A ideia do governo local é conter os preços no mercado interno, que só em abril subiu 60%.

"Isso pode causar um aumento de preço internacional da comoditie carne bovina de forma generalizada. Uma expectativa que nós estamos simulando é um aumento de 7% a 10% no preço da carne no mercado internacional", diz Júlio Barcellos, coordenador do Núcleo de Estudos Bovinos de Corte da UFRGS.

O Brasil, que já o maior exportador de carne bovina do mundo, poderá se beneficiar com a restrição na Argentina, que é o quarto maior vendedor do produto. Frigoríficos brasileiros poderão conquistar novos clientes não atendidos pelo país vizinho.

A aposta é especialmente na possibilidade de ocupar espaços em mercados de carnes mais nobres.

"Todo aquela carteira, aqueles clientes internacionais que sob coordenação da Argentina, eles naturalmente vão procurar o mercado brasileiro, afinal de contas, o Brasil tem um perfil de produção muito parecido", afirma Gustavo de Moraes, economista da PUC-RS.

  • Jornal da Band