Jornal da Band

Pesquisadores do Butantan estudam como usar veneno de cobra contra o câncer

Segundo pesquisa do instituto, a crotoxina, presente no veneno da cascavel, pode ser usada no tratamento da doença

Da redação

Pesquisadores do Butantan estudam como usar veneno de cobra contra o câncer
Pesquisadores do Butantan estudam como usar veneno de cobra contra o câncer
Reprodução | Band

A crotoxina, uma das toxinas presentes no veneno da cobra-cascavel, pode auxiliar o tratamento do câncer. É o que afirmaram os pesquisadores do Instituto Butantan em um estudo publicado em março deste ano. 

Os especialistas brasileiros descobriram que a crotoxina é imunomoduladora, ou seja, modifica o perfil das células imunológicas, tornando-as eficazes para combater tumores. Os pesquisadores do Instituto Butantan observaram que a crotoxina fortaleceu o sistema natural de defesa do organismo para combater as células de camundongos com câncer. Os resultados indicaram uma "reeducação" imunológica.

O próximo passo dos pesquisadores é analisar quais as melhores combinações com outras substâncias para transformar o veneno da cascavel em um medicamento eficaz no tratamento do câncer.

Tópicos relacionados