Jornal da Band

Quem é tio Comel, considerado o maior clonador de carros do Brasil?

Preso com auxílio de uma câmera inovadora, ele é apontado como responsável pela morte do médico Cláudio Marsili, em outubro do ano passado

Marcus Sadok 28/01/2022 • 19:42 - Atualizado em 29/01/2022 • 13:14

A polícia do Rio de Janeiro prendeu hoje (28) o maior clonador de carros do estado. Thiago Fernandes Virtuoso, o tio Comel foi detido em casa, no Morro do Turano, na zona norte do Rio. Ele foi cercado por 50 agentes.

O criminoso tentou fugir do cerco, mas desistiu devido ao helicóptero que sobrevoava sua casa. Segundo o secretário de Polícia Civil, Alan Turnowisk, a tecnologia FLIER, de aproximação de alto zoom, utilizada na aeronave da corporação, foi fundamental para garantir a prisão do acusado. 

Dentro da casa do traficante estava um fuzil com luneta, munição, e anotações do esquema criminoso. O bandido escolhia carros de luxo, fazia o pedido aos ladrões, que roubavam os carros em vários bairros de alto padrão no Rio. Depois, no Turano, eles eram adulterados. 

Segundo a Polícia Civil, o maior clonador de carros do Rio de Janeiro tinha clientes em vários estados. Conforme foi ganhando fama entre os criminosos, ele passou a revender os carros até para outros países, principalmente os que tem áreas rurais, como Paraguai e Bolívia. 

Uma das vítimas da quadrilha foi um médico famoso, Cláudio Marsili, morto em outubro do ano passado quando chegava para trabalhar na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.