Jornal da Band

Prefeitos recebem Prêmio Band Cidades Excelentes, confirmado para 2022

Prêmio chegou na fase nacional e divulgou as melhores práticas da gestão pública no país

Da Redação, com Jornal da Band 24/11/2021 • 22:26

A festa de entrega do Prêmio Band Cidades Excelentes aconteceu na noite desta terça-feira (23), em Brasília. O evento reconhece, divulga e estimula as boas práticas da gestão pública no país.

A Band analisou as cidades em diferentes categorias, como serviço público de qualidade todos os dias, saúde, educação, transporte, transparência e desenvolvimento socioeconômico.  

Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, explicou como as escolhas foram feitas

“Esse foi um sonho que começou a 13 anos atrás, quando convidei prefeitos das capitais para um almoço na minha casa junto com professor Raimundo Godoy. Era um desafio muito maior do que eu tinha imaginado a execução disso. Hoje a execução é feita com máquinas, com softwares, então não tem mão humana. Não tem jeito de dar um jeitinho. Quem está aqui é porque atingiu os três melhores lugares nas categorias”, esclareceu Saad.

O prêmio começou em outubro com a fase regional. Mas foi ampliado e chegou na fase nacional agora, com o reconhecimento das gestões que fizeram a diferença na melhoria da qualidade de vida da população.

A festa de premiação em Brasília foi um grande espetáculo e contou com presença de autoridades dos três poderes. Entre elas o vice-presidente da república Hamilton Mourão, o Ministro do STF Gilmar Mendes, os presidentes da Câmara, Arthur Lira e do Senado, Rodrigo Pacheco, além de ministros do governo federal - como Fábio Faria, das Comunicações; Flávia Arruda, da Coordenação Política; e Gilson Machado, do Turismo.

O diretor de jornalismo Rodolfo Schneider e a âncora do Jornal da Band, Lana Canepa, foram os apresentadores do prêmio.

“Se você, prefeito, foi convidado para esta cerimônia é sinal que sua cidade está no seleto grupo das melhores para se viver no brasil”, destacou Rodolfo.

“E vocês já estão de parabéns, porque foram vencedores das etapas estaduais e conseguiram melhorar a qualidade de vida dos moradores de alguma forma”, lembrou Lana.

Curitiba foi a grande vencedora entre as capitais. Duas cidades paulistas foram premiadas: Sorocaba, na faixa acima de 500 mil habitantes, e Indaiatuba, na categoria acima de 100 mil habitantes. Timbó, em Santa Catarina, foi a vencedora entre os municípios de 30 mil a 100 mil habitantes.

O trabalho pioneiro de levantamento dos dados foi comandado pelo Instituto Áquila. Todas as informações sobre os mais de 5.500 municípios brasileiros vão ficar à disposição para consulta pública e de graça no site do Instituto.

E o trabalho vai continuar. A próxima edição do Prêmio Band Cidades Excelentes já está confirmada para 2022. “Pro ano que vem um prêmio maior, com mais atrações, prêmios e estaremos com tapete vermelho para os prefeitos”, concluiu Johnny Saad. 

Confira a lista de vendedores da etapa nacional do Prêmio Band Cidades Excelentes

Cidades acima de 500 mil habitantes:

  • 1º Lugar – Sorocaba - SP
  • 2º Lugar – São José dos Campos - SP
  • 3º Lugar – Joinville - SC

Capitais

  • 1º Lugar – Curitiba - PR
  • 2º Lugar – Vitória - ES
  • 3º Lugar – Florianópolis - SC

Prêmio Principal – IGMA GERAL – Cidade Excelente

Menor que 30 mil hab.

  • 1º Lugar: Augusto Pestana – RS
  • 2º Lugar: Quatro Pontes - PR
  • 3º Lugar: Peritiba - SC

Entre 30 mil e 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Timbó – SC
  • 2º Lugar: Fernandópolis - SP
  • 3º Lugar: Carlos Barbosa - RS

Acima de 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Indaiatuba – SP
  • 2º Lugar: Jaraguá do Sul - SC
  • 3º Lugar: Cascavel - PR

PILAR EFICIÊNCIA FISCAL

Menor que 30 mil hab.

  • 1º Lugar: Presidente Getúlio – SC
  • 2º Lugar: Pato Bragado - PR
  • 3º Lugar: São Gabriel do Oeste - MS

Entre 30 mil e 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Videira – SC
  • 2º Lugar: Santa Bárbara - MG
  • 3º Lugar: Ilhabela - SP

Acima de 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Santana de Parnaíba – SP
  • 2º Lugar: Erechim - RS
  • 3º Lugar: Pinhais - PR

PILAR EDUCAÇÃO

Menor que 30 mil hab.

  • 1º Lugar: São José do Inhacorá – RS
  • 2º Lugar: Luzerna- SC
  • 3º Lugar: Cruzália - SP

Entre 30 mil e 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Igrejinha – RS
  • 2º Lugar: Pomerode - SC
  • 3º Lugar: Cerquilho - SP

Acima de 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Apucarana - PR
  • 2º Lugar: Indaiatuba - SP
  • 3º Lugar: Sobral - CE

PILAR SAÚDE E BEM ESTAR

Menor que 30 mil hab.

  • 1º Lugar: Ivorá – RS
  • 2º Lugar: Ruy Barbosa - RN
  • 3º Lugar: Figueirão - MS

Entre 30 mil e 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Brasília de Minas – MG
  • 2º Lugar: Presidente Dutra - MA
  • 3º Lugar: Amparo - SP

Acima de 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Lavras – MG
  • 2º Lugar: Sobral - CE
  • 3º Lugar: Bragança - PA

PILAR INFRAESTRUTURA

Menor que 30 mil hab.

  • 1º Lugar: Pontes Gestal – SP
  • 2º Lugar: Cachoeira Dourada - MG
  • 3º Lugar: Lobato - PR

Entre 30 mil e 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Jales – SP
  • 2º Lugar: Cianorte - PR
  • 3º Lugar: Timbó - SC

Acima de 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Americana - SP
  • 2º Lugar: Maringá - PR
  • 3º Lugar: Patos de Minas - MG

PILAR DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO

Menor que 30 mil hab.

  • 1º Lugar: Piratuba – SC
  • 2º Lugar: Nova Boa Vista - RS
  • 3º Lugar: Turmalina - SP

Entre 30 mil e 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Braço do Norte – SC
  • 2º Lugar: Cerquilho- SP
  • 3º Lugar: Carlos Barbosa - RS

Acima de 100 mil hab.

  • 1º Lugar: Jaraguá do Sul - SC
  • 2º Lugar: Indaiatuba- SP
  • 3º Lugar: Lavras - MG

Veja aqui como foi a premiação do Prêmio Band Cidades Excelentes na íntegra: