Jornal da Band

Queiroga defende atuação do governo na pandemia durante discurso na OMS

Apesar da demora na compra de vacinas, Queiroga citou a imunização dos brasileiros como um trunfo

23/05/2022 • 19:57 - Atualizado em 23/05/2022 • 20:49

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, defendeu a atuação do governo federal no combate a pandemia de covid-19 durante discurso na Organização Mundial da Saúde (OMS).

Apesar da demora na compra de vacinas, Queiroga citou a imunização dos brasileiros como um trunfo.

"O governo do presidente Jair Bolsonaro atuou para preservar vidas.  Adquirimos mais de 650 milhões de doses de vacinas e cerca de 80% da população brasileira já completou o esquema vacinal primário”, disse.

O ministro homenageou quem perdeu parentes ao longo da pandemia, mas não citou as mais de 655 mil mortes no país.

O Brasil só perde em números absolutos de mortes para os Estados Unidos, onde a covid matou mais de 1 milhão de pessoas.

Minutos antes da fala do ministro, o diretor da OMS, Tedros Adhanom, alertou que os números voltaram a crescer em 70 países e que a pandemia está longe de acabar.