Jornal da Band

Seis estados têm botijão de gás acima dos R$ 100

Nesta terça (26), a Câmara vota o projeto do auxílio-gás para famílias que recebem até um salário mínimo

Olívia Freitas, do Jornal da Band 25/10/2021 • 21:30 - Atualizado em 25/10/2021 • 21:35

O gás de cozinha já custa, em média, mais de R$ 100 em seis estados. Nesta terça-feira (26), a Câmara vota o projeto do auxílio gás para famílias que recebem até um salário mínimo

O último aumento no gás de cozinha foi no dia 9 de outubro. Mário Antunes é dono de uma revenda e manteve o preço antigo. Agora, com a recente alta no valor da gasolina e do diesel - que também são derivados do petróleo - ele acredita que o botijão vai ficar mais caro. 

“A gente ainda está segurando o preço, que muita gente anda reclamando”, disse justificando que vai tentar segurar o preço antigo até dia 1º de novembro. 

O preço do botijão tem variado entre R$ 75,99 e R$ 135. A diferença responde, principalmente, aos impostos cobrados em cada estado. 

Segundo a Agencia Nacional do Petróleo (ANP), os consumidores não encontram mais o gás de cozinha por menos de R$ 100 no mercado em seis estados: Acre, Amapá, Mato Grosso, Rondônia, Roraima e Tocantins. Isso sem falar de outros custos, como taxa de entrega. 

Com isso, cada vez menos famílias têm condições de incluir este item na lista de consumo. Nas últimas semanas, o Jornal da Band tem mostrado que o fogão a lenha voltou à cena para diversas famílias mais pobres.