Jornal da Band

Vagas em home-office e em sistema híbrido devem crescer em 2022

Trabalho híbrido e o home-office foram adotados por muitas empresas durante a pandemia. Agora essas modalidades se consolidam com a abertura de milhares de vagas

Tiago Prudente 24/01/2022 • 20:17 - Atualizado em 24/01/2022 • 20:48

O trabalho híbrido e o home-office foram adotados por muitas empresas durante a pandemia. Agora essas modalidades se consolidam com a abertura de milhares de vagas.

O analista administrativa Daniel Frota diz que escolheu trabalhar na atual empresa justamente por ter a liberdade de escolher uma rotina hibrida de trabalho em casa e também no escritório.

"A opção de você estar em home-office, que te dá um conforto maior, que te dá um contato com sua família é muito bom. E também estar presencialmente com seu gestor, com seus colegas de trabalho, acelera bastante o aprendizado e traz benefícios sociais e profissionais muito grande", explicou.

Uma startup de educação abriu mais de 30 vagas no sistema hibrido ou home-office. E até o fim do ano, ao todo, serão mais de 100 oportunidades de emprego.

"Eu economizo tempo, estresse, trânsito. Hoje eu tenho gente trabalhando de Belo Horizonte, do Nordeste, Brasília. Tenho um profissional em todas as regiões do Brasil, disse Danilo Yoneshige, CEO da Layers Education.

A expectativa é que oportunidades nessa modalidades cresçam ainda mais em 2022.

"Os candidatos já estão recusando vagas que não tenham o home-office como escopo de contratação. Outra questão é a economia que as empresas tiveram com as pessoas trabalhando em casa", explicou Larissa Gonçalves, gerente de RH.