Empresa é acusada de sonegar R$ 400 mi

Uma empresa de combustíveis é acusada de gerar um rombo aos cofres públicos e sonegar R$ 400 milhões em impostos.