Ex-médico que estuprou 37 pacientes é solto pelo STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal Ricardo Lewandowski autorizou o ex-médico Roger Abdelmassih a voltar para casa. Condenado a mais de 180 anos de cadeia pelo estupro de pacientes, ele vai deixar a penitenciária e ficará em prisão domiciliar em São Paulo. Sem tornozeleira eletrônica.