Funcionária de farmácia é investigada por discriminação

Uma funcionária de uma rede de farmácias do Rio Grande do Sul vai ser investigada por homofobia. A polícia confirmou ser dela um áudio orientando que gays e gordos não fossem contratados.