Jornal da Noite

Chefes da milícia da Muzema e de Rio das Pedras são presos no RJ

Os presos foram encaminhados para a Cidade da Polícia

Da redação 08/04/2022 • 19:22
Essa é a segunda cúpula de milicianos de rio das pedras e Muzema presa desde fevereiro
Essa é a segunda cúpula de milicianos de rio das pedras e Muzema presa desde fevereiro
Divulgação/PM

Os chefes da milícia que controla rio das pedras e Muzema, na zona oeste do rio de janeiro, foram surpreendidos pelos policiais durante uma reunião. Eles tentaram fugir, mas terminaram presos. 

Bruno Rodrigues Guarany de Carvalho, conhecido como Skank, atua em milícias há pelo menos cinco anos. Ex-policial militar, ele já havia sido preso e dava as ordens na Muzema. Já André Silva Loback comandava Rio das Pedras. Ele foi preso junto com seus seguranças. Um menor de idade que seria olheiro da milícia foi apreendido junto com o grupo.

Três armas, carregadores, munições, vários celulares, uma moto e mil reais em espécie foram apreendidos. Os policiais também encontraram um caderno de anotações que será periciado.

Em menos de dois meses, novos milicianos substituíram criminosos que comandavam a região. Essa é a segunda cúpula de milicianos de rio das pedras e Muzema presa desde fevereiro, quando outros seis criminosos foram detidos em um condomínio da zona oeste.

 Os presos vão responder por constituição de milícia privada e porte ilegal de arma de fogo. A Muzema é uma das comunidades que fazem parte do programa cidade integrada, que prometeu retomar o controle de bairros dominados por traficantes e milicianos. Já rio das pedras é um dos berços da milícia e está dominada por grupos paramilitares há décadas.