Notícias

Lázaro Barbosa foi encontrado com R$ 4,4 mil no bolso, diz secretário

Foragido foi alvejado durante cerco e morreu na manhã desta segunda-feira

Da Redação 28/06/2021 • 11:29 - Atualizado em 28/06/2021 • 13:23

Lázaro Barbosa de Souza foi encontrado nesta segunda-feira (28) por policias na cidade de Águas Lindas de Goiás, no Entorno de Brasília. Com ele, as autoridades encontraram uma arma de fogo e cerca de R$ 4,4 mil em dinheiro.

A informação foi divulgada por Rodney Miranda, secretário de Segurança do estado de Goiás, em entrevista coletiva. Para Miranda, a quantia indica que o foragido contava com o apoio de pessoas durante a fuga de quase três semanas.

“Ele chegou a ameaçar alguns policiais, dizendo que, se entrassem na mata atrás dele, ele daria tiro na cara. Fizemos o cerco prudentemente, tecnicamente. Além da arma, ele foi encontrado com cerca de R$ 4,4 mil no bolso. Isso é mais uma prova de que tem gente acobertando ele e dificultando o trabalho dos policiais”, disse Miranda.

“O indicativo de dinheiro no bolso certamente era indicativo de que ele estava querendo sair - ou do estado, ou até do país”, afirmou também.

Segundo o secretário, Lázaro foi alvejado durante o cerco. Ele foi socorrido ainda com vida, mas “morreu no hospital”. O corpo seria levado para o IML de Goiânia.

A partir de agora, a investigação do caso fica a cargo da Polícia Civil de Goiás, que tenta descobrir possíveis cúmplices de Lázaro em crimes e na fuga. O secretário informou que há “sete ou oito crimes” atribuídos a Lázaro, que “pode ter tido parceiros”. Ele vinha sendo perseguido por suspeita de envolvimento nas mortes de quatro pessoas da mesma família em Ceilândia (DF).

“Ele estava trocando de roupa mais de uma vez. Mais uma prova de que ele tinha uma rede de que acobertava. Sobre essa questão de querer fugir, patrocinado logicamente, mostra que tinha gente não interessada na prisão dele”, afirmou o secretário.

Miranda ainda informou que o foragido “descarregou uma pistola, possivelmente .380, nos policiais”. O cerco a Lázaro Barbosa começou às 22h30 do domingo (27), também de acordo com o secretário.

“A informação foi a partir das 22h30, quando começamos o cerco final. Viramos a madrugada mais uma vez, até que hoje cedo, graças a Deus, conseguimos finalizar essa ocorrência om todos os policias de bem, e com o grande objetivo cumprido. Não deixamos ele machucar mais ninguém”, descreveu.

“Possivelmente ele planejasse fugir também. Mas o esforço da Polícia Militar, da Polícia Civil aqui de Goiás, do DF, mais Polícia Rodoviária Federal, mais Polícia Federal, a Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Corpo de Bombeiros... Enfim, o esforço de todas essas forças conjuntas, sem vaidade, com muito profissionalismo, muita organização, nós impedimos que ele ou fugisse ou cometesse outros crimes”, declarou também.

  • Lázaro Barbosa