Tamanho de fonte
Atualizado em terça-feira, 17 de janeiro de 2012 - 19h10

Espanhóis levam animais à igreja para bênção

No dia de Santo Antão, o protetor dos animais, donos levem bichos de estimação para receber bênção
Animais esperam para receber benção no Dia de Santo Antão / Jorge Guerrero / AFP Animais esperam para receber benção no Dia de Santo Antão Jorge Guerrero / AFP

Cachorros, gatos, coelhos e até tartarugas desfilaram nesta terça-feira pelas igrejas espanholas, para ganhar a bênção de Santo Antão, o protetor dos animais.

Em Madri, os donos esperam pacientemente a vez de suas mascotes receberem água benta. Segundo crença espalhada na Espanha, a bênção deverá assegurar longa vida aos animais.

Carlos Romero, um homem de 56 anos, conta que vem pela primeira vez para benzer sua tartaruga Paula, de cinco anos, depois da morte, há oito meses, de sua velha tartaruga Frodo.

"Estou aqui para que [a tartaruga] tenha saúde e bem-estar e me acompanhe por muitos anos mais", acrescentou Carlos Romero, que vestiu em sua mascote um pulôver amarelo e vermelho com a insígnia "Campeões do Mundo", em referência à seleção espanhola de 2010.

Assim que o animal é benzido, cada fiel recebe três pequenos pães, que deve guardar durante um ano para garantir boa saúde e a proteção do santo padroeiro. Os pãezinhos são fabricados de acordo com uma receita especial para que fiquem macios.

A festa, célebre em Madri e em outras regiões da Espanha, remonta ao século XIX.