Notícias

Novas imagens mostram início de ataque de policial federal em Curitiba

Ronaldo Massuia Silva, de 43 anos, matou uma pessoa e deixou outras três feridas

Narley Resende 03/05/2022 • 13:32 - Atualizado em 03/05/2022 • 14:09

Novas imagens de câmeras de segurança mostram o início do ataque a tiros de um policial federal do Paraná que terminou com um morto e três feridos na noite do último domingo (1º), em um posto de combustíveis em Curitiba. 

O novo vídeo mostra o policial federal Ronaldo Massuia Silva, de 43 anos, autor de disparos, em uma discussão. Ele parte pra cima de uma das vítimas, mas leva socos e é retirado da loja de conveniência por seguranças.

Em seguida, com sinais de embriaguez, ele volta armado atirando contra várias pessoas. Ele aparentemente descarrega a pistola contra as vítimas. 

Ronaldo Massuia Silva matou o fotógrafo Andre Muniz Fritoli, de 32 anos, e deixou outras três pessoas feridas, incluindo uma mulher que levou um tiro no abdômen em estado grave. 

Fritoli morreu a caminho do hospital. 

O policial federal Ronaldo Massuia Silva foi preso e é investigado pela Polícia Civil, no inquérito criminal. A Polícia Federal informou que abriu um processo disciplinar pela corporação para apurar o fato.

O sepultamento do corpo do fotógrafo ocorreu por volta das 10 horas desta terça-feira (3), no Cemitério Municipal Água Verde, em Curitiba.