Notícias

MC Kevin usou droga antes de queda, apontam exames

Laboratório detectou duas substâncias compatíveis com MDMA, principal ingrediente do êxtase

Da Redação, com BandNews TV 28/05/2021 • 19:20 - Atualizado em 29/05/2021 • 08:09

O resultado do exame toxicológico do cantor MC Kevin confirmou que ele usou drogas ilícitas no dia de sua morte, após cair do quinto andar de um hotel no Rio.

O laboratório detectou duas substâncias compatíveis com MDMA, principal ingrediente do êxtase. Também foi detectada a presença de cafeína, presente em energéticos.

De acordo com os técnicos, o laboratório não tem metodologia para analisar se as substâncias foram usadas em doses excessivas.  

Antes, exames realizados na última quinta-feira (27) apontaram a presença de grande quantidade de álcool.

Os depoimentos de testemunhas já tinham indicado o uso de drogas sintéticas e a ingestão de álcool.

MC Kevin morreu no dia 16 de maio, após cair de 5º andar de um hotel na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

O laudo da perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli concluiu que a queda de MC Kevin do quinto andar de um hotel da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, no último dia 16, foi um acidente. O documento afirma que não houve indícios de briga ou ações violentas na suíte de onde o funkeiro caiu. Ele estava acompanhado da modelo Bianca Domingues, que conheceu na praia.

Amigo de Kevin, Victor Elias Fontenelle, conhecido como VK, também estava no quarto, além de Bianca Domingues. Os dois disseram, em depoimento à Polícia, que Kevin estaria na sacada quando tentou passar para o andar de baixo e acabou se desequilibrando acidentalmente.