Notícias

Petrobras volta a aumentar os preços da gasolina e do diesel

Da Redação, com BandNews FM 08/03/2021 • 18:34 - Atualizado em 08/03/2021 • 19:00
Desde o início de 2021, a gasolina subiu 54% nas refinarias, enquanto o diesel acumula alta de 41,6%
Desde o início de 2021, a gasolina subiu 54% nas refinarias, enquanto o diesel acumula alta de 41,6%
Shutterstock / Anna Lurye

Os preços da gasolina e do diesel vão passar por reajuste mais uma vez em 2021. A informação foi confirmada pela Petrobras nesta segunda-feira (8). Essa é a sexta alta do ano nos preços da gasolina e a quinta no valor do litro do diesel. 

A partir desta terça-feira (9), o valor médio de venda da gasolina passa a ser de R$ 2,84 por litro, uma alta de R$ 0,23. Já a média do diesel, reajustado pela quinta vez, vai ser de R$ 2,86 por litro, o que representa um aumento de R$ 0,15. 

Segundo a estatal, as mudanças são fundamentais para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido, sem riscos de desabastecimento. Ainda de acordo com a empresa, as variações são associadas ao mercado internacional e à taxa de câmbio e têm influência limitada sobre os preços percebidos pelos consumidores finais. 

Desde o início de 2021, a gasolina subiu 54% nas refinarias, enquanto o diesel acumula alta de 41,6%. No comparativo com o mês de dezembro de 2020, o diesel passou de R$ 2,02 para R$ 2,86. Já a gasolina, de R$ 1,84 para R$ 2,84. 

Os reajustes ocorrem em meio à troca de comando da Petrobras, onde o presidente Jair Bolsonaro anunciou a decisão de mudar o comando da estatal, tomada em 19 de fevereiro, após o quarto reajuste no preço dos combustíveis. O general Joaquim Silva e Luna será indicado para o lugar de Roberto Castello Branco, cuja gestão se encerra em 20 de março.

Dias após o anúncio de Bolsonaro, quatro membros do conselho de administração da Petrobras disseram que não querem ser reconduzidos aos cargos por razões pessoais. Eles ocupavam os postos com indicação do governo federal, que é o acionista majoritário que controla a estatal.