Notícias

Polícia Civil indicia enfermeiras pela morte da bebê que sofreu queimaduras no corpo durante banho em hospital de Niterói (RJ)

Em agosto do ano passado, a criança sofreu lesões na pele devido à alta temperatura da água

Pedro Dobal, da BandNews FM 28/10/2021 • 07:50 - Atualizado em 28/10/2021 • 10:05
Polícia Civil indicia enfermeiras pela morte da bebê que sofreu queimaduras no corpo durante banho em hospital de Niterói (RJ)
Polícia Civil indicia enfermeiras pela morte da bebê que sofreu queimaduras no corpo durante banho em hospital de Niterói (RJ)
Reprodução

A Polícia Civil indiciou duas enfermeiras pela morte da bebê de seis meses que sofreu queimaduras no corpo durante um banho no Hospital Getúlio Vargas Filho, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O caso aconteceu em agosto do ano passado.

A enfermeira Mariana Pinheiro de Souza vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Já Elaine Machado Lopes foi indiciada por omissão, por não ter comunicado o fato às autoridades competentes.

Na época, a sindicância interna instaurada pela unidade confirmou que a criança sofreu lesões na pele devido à alta temperatura da água. A profissional responsável por cuidar da menina não teria percebido o aquecimento devido às luvas.