Notícias

Polícia descarta que ossada achada em rio seja de meninos desaparecidos em Belford Roxo

Material genético foi coletado na sexta-feira (30), durante uma operação de busca pelas crianças

Clara Nery, da BandNews FM Rio 02/08/2021 • 13:32 - Atualizado em 02/08/2021 • 23:19

Uma perícia realizada na ossada encontrada dentro de um rio em Belford Roxo, no RJ, descarta a possibilidade de que os ossos sejam dos três meninos desaparecidos em dezembro. O material é, na verdade, de um animal.

A ossada foi coletada na última sexta-feira (30), durante uma operação de busca pelas crianças. A ação foi realizada pela Polícia Civil, com apoio do Corpo de Bombeiros.

Lucas Matheus, de 9 anos, Alexandre Silva, de 11, e Fernando Henrique, de 12, sumiram no dia 27 de dezembro. Eles foram vistos pela última vez em uma feira de um bairro de Belford Roxo.

A busca pelos meninos no rio foi feita após a denúncia de um morador da região que acusou o próprio irmão de participar da desova dos corpos. Um suspeito de ocultar corpos dos meninos desaparecidos confirmou que jogou o saco plástico em um rio.

A informação obtida em primeira mão pelo Grupo Bandeirantes vai ser detalhada em um laudo pericial, que deve ser divulgado ainda nesta tarde.

Uma das hipóteses apuradas pela Polícia Civil, levada à DH por uma testemunha, é a de que as crianças tenham sido mortas a mando de um traficante após furtarem passarinhos que pertenciam ao criminoso.

  • Belford Roxo