Notícias

Polícia do Rio de Janeiro prende advogada de "Marcinho VP"

Elker Cristina Jorge foi condenada em 2019 por ser informante de facção criminosa

da Redação 17/10/2021 • 08:00 - Atualizado em 17/10/2021 • 09:47
Elker Cristina Jorge, a advogada de “Marcinho VP”
Elker Cristina Jorge, a advogada de “Marcinho VP”
Reprodução

As polícias Civil e Militar do Rio de Janeiro prenderam Elker Cristina Jorge, a advogada de “Marcinho VP”, líder do Comando Vermelho, a maior facção do tráfico de drogas do estado, atualmente preso no Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná. 

Após trabalho de inteligência e monitoramento, a mulher foi capturada por policiais da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) e da Delegacia de Polícia Interestadual - Divisão de Capturas (DC-Polinter) na casa de familiares no município de Araruama, na Região dos Lagos. 

A advogada foi condenada em 2019 por ser informante da quadrilha e era considerada foragida da Justiça.

De acordo com as investigações, ela “atuava como ‘pombo-correio’ para contato entre criminosos aliados ao bando e presos em diferentes penitenciárias do país, viabilizando a tomada de decisões importantes”. 

A acusada ainda "fazia uso de prerrogativas da função para levantar informações de interesse do líder da facção".

Com esta ação, a Superintendência de Inteligência e Análise (SAI) da CPP já soma a prisão de 109 indivíduos monitorados e a apreensão de 31 armas em 2021.