Notícias

Polícia prende suspeito de envolvimento em briga de corintianos e palmeirenses

Da Redação, com 1º Jornal 05/03/2021 • 08:45 - Atualizado em 05/03/2021 • 08:51
Novas imagens mostram torcedor sendo agredido já desacordado
Novas imagens mostram torcedor sendo agredido já desacordado
Reprodução

A polícia militar prendeu um homem acusado de participar da briga entre torcedores de Corinthians e Palmeiras no Jardim São Luís, na última quarta-feira, pouco depois do clássico entre as duas equipes pelo Campeonato Paulista. As informações são de Igor Calian, no 1º Jornal

O suspeito, identificado como Francarlos, foi detido na Avenida João Dias, perto do local da confusão, e admitiu que não só estava no confronto, como já tem antecedentes criminais por ter participado de outras brigas de torcida.

A polícia chegou a ele a partir de um veículo que aparece em novas imagens da briga generalizada. Um dos vídeos aos quais o 1º Jornal teve acesso mostra inclusive uma agressão covarde a um torcedor já desacordado no chão e que é chutado e atingido por uma barra de ferro por outro homem (assista no vídeo acima). 

A Polícia Civil continua investigando o caso, e o depoimento do torcedor detido deve ajudar na busca de mais suspeitos. As autoridades acreditam que o confronto foi premeditado e combinado entre os torcedores e que foi um desdobramento de outra briga entre corintianos e palmeirenses, em fevereiro, que deixou um morto (Walace Thomaz, conhecido como Pirata e membro da Gaviões da Fiel). 

A briga de quarta-feira ocorreu a cerca de 40 km da Neo Química Arena, onde Timão e Verdão jogaram sem torcida e empataram por 2 a 2. Um torcedor baleado e outros feridos na confusão foram encaminhados ao Hospital do Campo Limpo e estão internados sob escolta policial. Não há informações sobre o estado de saúde deles.

  • corintians
  • palmeiras
  • violência
  • briga de torcidas