Notícias

Prefeitura de SP antecipa início de aplicação de 2ª dose da Pfizer com intervalo de 21 dias para esta 4ª

Início da nova orientação foi antecipado em um dia na capital após a chegada de nova remessa de doses

Da Redação 19/10/2021 • 15:26
Vacina da Pfizer contra covid-19
Vacina da Pfizer contra covid-19
Divulgação

A Prefeitura de São Paulo anunciou a antecipação da data de início da aplicação da vacina da Pfizer contra Covid-19 após intervalo de 21 dias entre a primeira e a segunda doses para maiores de 18 anos para esta quarta-feira (20).

Após a decisão do governo de São Paulo em antecipar a redução do intervalo de 56 para 21 dias a partir desta terça (19), a administração da capital paulista havia previsto o início da nova orientação para a aplicação deste imunizante para quinta (21). Entretanto, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) recebeu 357.354 doses de vacinas Pfizer nesta terça, o que possibilitou a antecipação da medida na cidade.

A redução no intervalo vai beneficiar 82.804 pessoas na capital, estima a prefeitura paulistana. Assim, todos os adultos que receberam a primeira aplicação com a Pfizer há 21 dias estão aptos a receber a segunda dose do imunizante. 

A alteração, no entanto, não é válida para os adolescentes de 12 a 17 anos. Para esta faixa etária, segue o intervalo de oito semanas entre as doses.

O intervalo para a segunda dose no caso da vacina da AstraZeneca segue sendo de 12 semanas - o governo paulista espera por 400 mil doses do imunizante para reduzir o tempo para oito semanas. No caso da CoronaVac, o tempo entre as doses segue em 28 dias. 

A SMS ainda orientou que a intercambialidade com vacinas da Pfizer pode ser adotado em caso de indisponibilidade da AstraZeneca nos pontos de vacinação.

Para conferir a disponibilidade das segundas doses dos imunizantes nas unidades da capital, a população pode acessar a plataforma “De Olho na Fila” (https://deolhonafila.prefeiturasp.gov.br/).