Primeiro Jornal

Novo Cangaço: assaltantes atacam agência bancária em Itajubá (MG)

O caso aconteceu na noite desta quarta-feira (22), no centro da cidade mineira, que fica a 400 km de Belo Horizonte

Aelson Santos Guilherme Oliveira 23/06/2022 • 05:40 - Atualizado em 23/06/2022 • 11:47

Cinco pessoas ficaram feridas durante troca de tiros com assaltantes do "Novo Cangaço" em Itajubá, no interior de Minas Gerais. O ataque a uma agência bancária da Caixa Econômica Federal aconteceu na noite desta quarta-feira (22), no centro da cidade mineira, que fica a 400 km de distância de Belo Horizonte.

Autoridades aguardam a chegada da Polícia Federal e do GATE para desarmar as quatro bombas que estão em uma agência da Caixa Econômica Federal. Os explosivos foram deixados pela quadrilha. 

“Nós já temos um preso. Esse combate é um combate com quadrilhas que utilizam inclusive armamentos de guerra. Nós temos quatro militares feridos, um deles com disparo de fuzil no braço. Ele passa por cirurgia”, afirmou o tenente-coronel da Polícia Militar, Flávio Santiago, em entrevista ao 1º Jornal

Vídeo: tenente-coronel da PM, Flávio Santiago fala ao 1º Jornal

Segundo o secretário de segurança da cidade, Massoud Nassar, de 20 a 30 bandidos cercaram a região central da cidade, lugar onde se concentra o maior número de agências bancárias do município.

“Nós temos câmera de monitoramento do cinturão juntamente com câmeras espalhadas pela cidade. A PM já fez um cerco na região e nas cidades vizinhas. Já estão cercando e encurralando a quadrilha”, disse Nassar. 

Vídeo: prefeito de Itajubá é entrevistado pelo 1º Jornal

Como foi a ação

De acordo com a polícia, os criminosos, ao entrarem na cidade, assaltaram um casal e levaram o carro em que eles estavam. Em seguida, foram ao bairro Vila Podis, onde fica localizado o 56º batalhão da polícia.

No local, atearam fogo em dois carros em frente ao BPM e trocaram tiros com policiais. No confronto, quatro agentes foram baleados e não correm risco de morrer. Um estudante universitário também foi alvejado e socorrido ao hospital da região.

Depois da ação no batalhão, eles se dirigiram ao banco. 

Os criminosos fugiram em cinco carros por dois locais. Eles se dividiram e metade do grupo fugiu pela BR 459, sentido à cidade de Pouso Alegre (MG), e a outra em direção ao município de São Lourenço (MG), ambas vizinhas de Itajubá. 

Um dos veículos usados pela quadrilha foi encontrado em São Bento do Sapucaí, no interior paulista.

Em nota, a prefeitura de Itajubá informou que não houve vítimas fatais. O caso foi registrado no DP Central da cidade. Em outro comunicado divulgado, a prefeitura disse que todos os serviços públicos funcionarão normalmente durante o dia de hoje.  

Nota da Caixa Econômica Federal

A CAIXA esclarece que informações sobre eventos criminosos em suas unidades são repassadas exclusivamente às autoridades policiais, e ratifica que coopera integralmente com as investigações dos órgãos competentes.

A CAIXA aguarda liberação da perícia pelos órgãos de segurança para avaliar o prazo para reabertura da Agência Itajubá (MG).

Clientes que necessitam de atendimento presencial podem se dirigir a outras unidades do banco e lotéricas próximas à Agência Itajubá (MG), conforme relação abaixo:

  • Agência Serra da Mantiqueira: Av. Capitão Gomes, 231, Boa Vista;
  • Central Lotérica: Praça Teodomiro Santiago, 16, Centro;
  • Lotérica São José: Av. Coronel Carneiro Junior, 381, Centro;
  • Dominguinhos Loterias: Av. São Vicente de Paulo, 3, São Vicente;
  • Lotérica Avenida: Rua Maria Carneiro, 369, Boa Vista.
     

A CAIXA possui canais alternativos de atendimento por meio do WhatsApp CAIXA (0800 104 0104), do Internet Banking CAIXA e dos aplicativos CAIXA Tem, Habitação CAIXA, DPVAT, FGTS e Auxílio Brasil, dentre outros (www.caixa.gov.br/atendimento/aplicativos).

Por telefone, os clientes contam com a Central de Atendimento CAIXA pelos números 4004 0104 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 104 0104 (para demais regiões). O beneficiário poderá consultar a disponibilidade do seu benefício pelo novo app Auxílio Brasil ou ligando para o Atendimento CAIXA ao Cidadão, no telefone 111.